Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Concerto Sinfónico 21 Jan 2022

Concerto Sinfónico 21 Jan 2022

Música & Festivais | Concerto

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
2022
jan
21
Realizado

Duração

60 minutos

Promotor

OPART - Organismo de Produção Artística, EPE

Breve Introdução

Concerto Sinfónico

21 de Janeiro de 2022 às 21h

Sergei Prokofiev Sinfonia Clássica Op. 25 (Sinfonia n.º 1)

Maurice Ravel Menuet antique

Marco Pereira  O Mostrengo [estreia mundial]

Igor Stranvinsky O pássaro de fogo: suite 1945

Jos�� Eduardo Gomes, Direção Musical

Orquestra Sinfónica Portuguesa

 
O início deste concerto será marcado por duas incontornáveis homenagens ao passado por parte de dois dos mais importantes compositores do século XX. Do russo Prokofiev teremos a Sinfonia n.º 1, escrita aos 25 anos, e universalmente conhecida como «Sinfonia Clássica». Estruturada em pequena escala, com andamentos muito breves, é, apesar da homenagem aos clássicos, uma obra com nítida linguagem do século XX.
Originalmente escrito para piano em 1895, em homenagem a Emmanuel Chabrier, o Menuet antique de Ravel foi orquestrado pelo compositor em 1929.
O concerto prosseguirá com a estreia absoluta de O Mostrengo, a obra vencedora da primeira edição do ABC… Compositores! Prémio Incentivo à Criação, instituído pelo TNSC. O Mostrengo é uma homenagem a Fernando Pessoa, dado que nasceu a partir de um poema incluído na Mensagem deste poeta. O compositor Marco Pereira nasceu em 2001 e frequenta atualmente a licenciatura em música.
Termina-se com Igor Stravinsky, mais concretamente com a conhecida música para o bailado O pássaro de fogo. A partitura, escrita em 1910, foi apresentada pela primeira vez pelos Ballets Russes de Diaghilev e assinalou a primeira colaboração do compositor com esta célebre companhia de dança. Em 1945 Stravinsky estruturou uma suite a partir da música do bailado.

Informações Adicionais

Informa-se que, o público terá de apresentar o certificado digital COVID-19 da UE para aceder às salas de espetáculos do OPART E.P.E.

 

O certificado digital enquadra três critérios:

- Esquema vacinal completo;

- Período de recuperação da Covid-19;

- Teste negativo

Estes critérios não são cumulativos, para os espetáculos do OPART E.P.E., realizados nas nossas salas, sendo suficiente cumprir um dos critérios.

 

Os autotestes serão aceites e válidos, se realizados no momento de acesso ao teatro e  sob a supervisão de um elemento da frente de sala.

 

Estas medidas não são aplicáveis a menores de 12 anos.

 

A utilização da máscara é obrigatória a partir dos 10 anos.

 

Em caso de dúvidas, contacte-nos.

 

Bilheteira Teatro Nacional de São Carlos

 

(2ª a 6ª feira, dias úteis das 13h às 19h)

 

reserva.bilhetes@saocarlos.pt

 

T (+351) 213253045 /6

 

 

OUTRAS INFORMAÇÕES:

O Teatro Nacional de São Carlos informa que, de acordo com o Decreto-Lei n.º 23/2014, de 14 de fevereiro, os espetáculos de música e dança são destinados a maiores de 6 anos.

 

O Teatro Nacional de São Carlos informa, ainda, que não é permitida a entrada nas salas de espetáculos a crianças com idade inferior a 3 anos de acordo com o Decreto Lei nº. 116/83, de, 24 de fevereiro.

 

Não é permitido comer ou beber dentro das salas.

 

 

 

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

La Sylphide

Teatro & Arte | Dança

Teatro Camões

Teatro Camões

Concerto Coral 12 Fev. 2022

Música & Festivais | Concerto

Teatro Nacional S. Carlos

Sala Principal