Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
UM, DOIS, TRÊS!

UM, DOIS, TRÊS!

Teatro & Arte | Teatro

Teatro do Bairro

Sala Lugares Marc
Classificação Etária
Maiores de 12 anos
2021
dez
01
a
2022
jan
16
Realizado

Duração

90 minutos

Promotor

Ar de Filmes

Breve Introdução

Entre as figuras tutelares da modernidade, Ferenc Molnár (1878-1952) marcou fortemente a cena teatral húngara do século XX. A sua técnica de diálogo e de carpintaria dramatúrgica, que o autor apurou a traduzir os mestres da comédia franceses, tem em UM, DOIS, TRÊS! Um exemplo de verdadeira relojoaria burlesca.

Comédia de ritmo trepidante, escrita em 1929, na sequência da primeira viagem que o autor realizou aos Estados Unidos, põe a nu, de forma divertida, os embustes das práticas capitalistas, justamente no ano em que o índice Dow Jones deu o primeiro trambolhão da História.

ALERTA:

No âmbito das novas medidas para acesso a eventos determinadas pelas autoridades de saúde, até ao dia 09 de Janeiro, é obrigatória a apresentação de Certificado Digital Covid nas modalidades de certificado de teste ou de recuperação, ou da apresentação de comprovativo de realização laboratorial de teste com resultado negativo.

Sinopse

O Presidente Norrison, à cabeça de um grupo bancário de primeiro plano sediado numa grande capital europeia, está prestes a juntar-se à sua família para uma semana de férias na montanha. Os negócios não podiam correr melhor: Norrison está no auge da sua glória. Mas eis que surge um problema inesperado e bastante comprometedor: Lydia, a filha de um magnata americano que tinha vindo passar uns meses na Europa ao cuidado da família Norrison, casou-se em segredo (e "à pressa") com um chaffeur de táxi comunista. Como se não bastasse, os pais da rapariga resolveram vir fazer-lhe uma visita. Posto contra a parede, Norrison dispõe de apenas uma hora para transformar um proletário simplório no presidente da União de Fábricas de Automóveis. Estará ele à altura do desafio?

Promotor

Ar de Filmes/ Teatro do Bairro

Tradução

Rodrigo Francisco

Interpretação

Adriano Luz, Carolina Serrão, Duarte Guimarães, Francisco Vistas, Hugo Mestre Amaro, Jaime Baeta, João Barbosa, João Maria, Mariana Branco, Vera Moura

Ficha Artística

AUTOR Ferenc Molnar
TRADUCAO Rodrigo Francisco
ENCENACAO António Pires
COM- Adriano Luz, Carolina Serrão, Duarte Guimarães, Francisco Vistas, Hugo Mestre Amaro, Jaime Baeta, João Barbosa, João Maria, Mariana Branco, Vera Moura
CENARIO Alexandre Oliveira
FIGURINOS Luis Mesquita
CARACTERIZACAO Ivan Coletti
DESENHO DE LUZ Rui Seabra
DESENHO DE SOM Paulo Abelho
ASS. DE ENCENACAO Miguel Bartolomeu
ASS. À DIRECÇÃO DE CENA Afonso Luz
CONSTRUCAO DE CENÁRIO Fabio Paulo
GUARDA-ROUPA Peris Costumes
ASS. GUARDA-ROUPA Catarina Vicente
OPERACAO DE LUZ Rita Louzeiro / João Veloso
OPERACAO DE SOM António Oliveira
FOTOGRAFIA DE CENA Miguel Bartolomeu
BILHETEIRA Sofia Estriga
PRODUÇÃO EXECUTIVA Ivan Coletti
ADMINISTRAÇÃO DE PRODUÇÃO - Ana Bordalo
COMUNICAÇÃO Maria João Moura
PRODUTOR Alexandre Oliveira
PRODUÇÃO Ar de Filmes/Teatro do Bairro

Contactos para Reservas

913211263 ( 15 h- 19h)

Encenador

António Pires

Preços

  • Plateia - 12€
  • Balcão - 12€

-
Partilhar

Serviços Adicionais

Veja ainda:

DON JUAN

Teatro & Arte | Teatro

Teatro do Bairro

Sala Lugares Marc