Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
RAPAZ EGO + JOÃO BORSCH

RAPAZ EGO + JOÃO BORSCH

Música & Festivais | Música

Theatro Circo

Sala Principal
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
2022
jan
15
Realizado

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Teatro Circo de Braga, EM, SA

Breve Introdução

Dois concertos, pelo meio um curto intervalo. E uma nova geração de músicos portugueses sobe ao palco do Theatro Circo. Na estreia do ciclo "Duplos", apresentam-se o madeirense João Borsch, que escreve e produz canções que emanam tanto de revivalista como de megalómano e cujo o título diz (quase) tudo: "Noite Romântica com João Borsch"; e Rapaz Ego e o seu "Vida Dupla". Rapaz Ego é Luís Montenegro e neles há muitas facetas.

JOÃO BORSCH:

Impulsionado pela excentricidade e um ecletismo inabalável, o madeirense João Borsch escreve e produz canções que emanam tanto de revivalista como de megalómano, num pasodoble entre a sensibilidade pop e um entusiasmo inexorável de se reinventar e de se movimentar. Quando estas canções foram escritas, foram-no em bold. Do seu novo e ambicioso disco 'Uma Noite Romântica com João Borsch', lançou os singles Douradinhos, Boca Cheia, Sorte a Minha e Madrugada, prometendo neste longa-duração um encontro de géneros e atmosferas diagonalmente opostos, assinando sempre no rodapé desta mescla o seu cunho pessoal.

RAPAZ EGO

"Vida Dupla", para além do álbum de estreia, é também o artefacto que explica a mitologia de Rapaz Ego. Rapaz Ego é Luís Montenegro, com todas as vantagens de não o ser. Tendo já sido concebido, é em 2019 que renasce Rapaz Ego com toda a vontade de crescer, começando a libertar algumas canções que viriam a fazer parte de 'Vida Dupla'.Se 2020 interrompeu o despertar de Rapaz Ego, também permitiu um devaneio primoroso de quem faz uma sesta num ano parado pela pandemia, com o EP de música latina de seu título "Rapaz Ego Canta Durante la Siesta". Chega, agora de vez, 'Vida Dupla' e Rapaz Ego apodera-se em pleno de Luís Montenegro, emergindo as suas múltiplas facetas, desde os cínicos arranjos de cordas baroque pop - que se podem ouvir na abertura de 'Grão Mestre' ou no tremorento single 'Crime em Tânger' -, aos teclados indie pop de 'Vida Dupla' ou 'Quero Tanto' ou às canções maioritariamente sustentadas por guitarra e voz, como 'Ponto Cruz' ou 'Que Isto Sirva'.

Ficha Artística

João Borsch: bateria e voz
Francisco Nunes: baixo
Inês Matos: guitarra
João Mesquita: guitarra e teclas
Vasco Vilhena: teclas


Luís: voz e guitarra
Gui: voz e baixo
Rodrigo: voz e teclado
Lucas: bateria

Estacionamento

O Theatro Circo, numa colaboração estratégica com o Grupo Regojo, oferece-lhe a possibilidade de utilizar o parque de estacionamento do Liberdade Street Fashion, usufruindo de 50% de desconto, mediante a apresentação na “caixa de pagamento” manual (situada no piso -1) do respetivo ingresso.

-
Partilhar
Quadrilátero
Voucher Natal 5€
Voucher Natal 10€